domingo, 15 de agosto de 2010

solidez e força


Sempre me fascinou a solidez e a força das peças da era industrial. Vá lá saber-se porquê. Há uma força nestes objectos, dos quais ignoro quase em absoluto o propósito, que sempre se me impôs como digna de admiração. O design podia não ser imaginativo ou delicado, mas competia vigorosamente com as imagens dos estados totalitários, assim como o Novo ou o Soviético. Com uma ligação quase esmagadora ao material. De alguma forma, inspiravam segurança e, nessa medida, também contribuíram para o êxito de certo tipo de ideologias.
Enviar um comentário