terça-feira, 15 de maio de 2018

Cascais a sonhar alto II

O Forte visto por Mário Crispim
Já estou a ver um Salazar vestido de cinzento e olhar escondido pelo chapéu a observar os visitantes ávidos por histórias. As meninas de Odivelas a desfiar os seus sonhos e segredos aos espectadores, oficiais espanhóis a ponderar o domínio da baía e da entrada do Tejo.
São mil e uma possibilidades a explorar no cenário fantástico do Forte de Santo António, grupos de actores inspirados a cativar a imaginação do público. Um grande museu vivo a fazer desfilar muita história da nossa terra.
Nas pausas dos espectáculos, a visita ao interior e exterior da construção, a ouvir as explicações dos oficiais da Marinha mais entendidos nas estratégias da defesa da costa e do País.
Enviar um comentário